O melhor preço e facilidade para compra do livro Holding familiar, rural, agronegócio ou inventário e partilha 2ª edição do autor Carlos Eduardo Machado, lançado em 2024 pela Editora Imperium, você encontra aqui na Livraria de Direito
Imperium
Model: 2024
Product ID: 219
Product SKU: 219
New In stock />
Holding familiar, rural, agronegócio ou inventário e partilha 2ª edição 2024 | Carlos Eduardo Machado 9786560900028

Holding familiar, rural, agronegócio ou inventário e partilha 2ª edição 2024 | Carlos Eduardo Machado 9786560900028

Destaque Lançamento

Estoque: 2 Marca: ImperiumModelo:2024Disponibilidade: Imediata


De R$ 197,00
Por:
R$ 147,00
Economize  R$ 50,00

R$ 139,65 à vista com desconto Pix - Vindi
ou 6x de R$ 24,50 Sem juros MasterCard - Vindi
ou 6x de R$ 24,50 Sem juros Cartão Visa - Vindi
Simulador de Frete
- Calcular frete

Destaca-se a necessidade de as famílias se prepararem para o momento da partida de um ente familiar, reconhecendo que poucas delas realizam um planejamento sucessório. O objetivo é minimizar as consequências negativas da sucessão, como a complexidade na partilha de bens.

Existe diversas formas de realizar o planejamento sucessório, incluindo testamentos, doações de bens, partilha em vida e a criação de uma holding familiar. Essas estratégias visam proteger o patrimônio da família e a atividade produtiva.

Adentra a Holding Patrimonial Familiar Rural como uma estratégia para regularizar e proteger o patrimônio da família e a atividade produção rural. Destaca que a holding possibilita a definição de um planejamento estratégico para a sucessão patrimonial, além de proporcionar benefícios em termos de planejamento tributário e gestão das atividades.

Indica que a legislação brasileira, especialmente no que se refere às esferas de tributação, Imposto de Renda Pessoa Física e Lucro Presumido, é crucial para o desenvolvimento do projeto e o embasamento da pesquisa.

Reconhece que a sucessão pode trazer desafios, especialmente no contexto do agronegócio, onde a administração familiar pode resultar em confusão patrimonial, aspectos afetivos sobrepondo os profissionais e dificuldades na estruturação da sucessão.

Enfatiza a importância do agronegócio no Brasil, mencionando seu constante desenvolvimento e a aplicação de novas tecnologias. Destaca que as empresas nesse setor, geralmente administradas por famílias, podem enfrentar desafios na sucessão que afetam o desempenho econômico.

Proporciona a holding como um mecanismo eficiente de defesa patrimonial, explicando que ela atua como uma pessoa jurídica que recebe os bens dos sócios e os administra de forma centralizada.

Abordar inúmeros benefícios da aplicação da holding no agronegócio ao longo do trabalho, ressaltando sua importância tanto no contexto jurídico quanto econômico do país.

O livro propõe uma análise abrangente sobre a importância da regularização da herança, destacando a holding como uma ferramenta fundamental no planejamento sucessório, especialmente no cenário do agronegócio e rural. Ele aborda aspectos legais, tributários e práticos, oferecendo uma visão completa sobre o tema.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Destaca-se a necessidade de as famílias se prepararem para o momento da partida de um ente familiar, reconhecendo que poucas delas realizam um planejamento sucessório. O objetivo é minimizar as consequências negativas da sucessão, como a complexidade na partilha de bens.

    Existe diversas formas de realizar o planejamento sucessório, incluindo testamentos, doações de bens, partilha em vida e a criação de uma holding familiar. Essas estratégias visam proteger o patrimônio da família e a atividade produtiva.

    Adentra a Holding Patrimonial Familiar Rural como uma estratégia para regularizar e proteger o patrimônio da família e a atividade produção rural. Destaca que a holding possibilita a definição de um planejamento estratégico para a sucessão patrimonial, além de proporcionar benefícios em termos de planejamento tributário e gestão das atividades.

    Indica que a legislação brasileira, especialmente no que se refere às esferas de tributação, Imposto de Renda Pessoa Física e Lucro Presumido, é crucial para o desenvolvimento do projeto e o embasamento da pesquisa.

    Reconhece que a sucessão pode trazer desafios, especialmente no contexto do agronegócio, onde a administração familiar pode resultar em confusão patrimonial, aspectos afetivos sobrepondo os profissionais e dificuldades na estruturação da sucessão.

    Enfatiza a importância do agronegócio no Brasil, mencionando seu constante desenvolvimento e a aplicação de novas tecnologias. Destaca que as empresas nesse setor, geralmente administradas por famílias, podem enfrentar desafios na sucessão que afetam o desempenho econômico.

    Proporciona a holding como um mecanismo eficiente de defesa patrimonial, explicando que ela atua como uma pessoa jurídica que recebe os bens dos sócios e os administra de forma centralizada.

    Abordar inúmeros benefícios da aplicação da holding no agronegócio ao longo do trabalho, ressaltando sua importância tanto no contexto jurídico quanto econômico do país.

    O livro propõe uma análise abrangente sobre a importância da regularização da herança, destacando a holding como uma ferramenta fundamental no planejamento sucessório, especialmente no cenário do agronegócio e rural. Ele aborda aspectos legais, tributários e práticos, oferecendo uma visão completa sobre o tema.