Novo

Direito Do Trabalho 38ª Edição 2022

219 reales

em 12x 18 reales con 25 centavos sem juros

Frete grátis

Saiba os prazos de entrega e as formas de envio.

Último disponível!

Devolução grátis

Você tem 30 dias a partir do recebimento do produto para devolvê-lo, não importa o motivo!

Garantia

Compra Garantida com o Mercado Pago

Receba o produto que está esperando ou devolvemos o seu dinheiro

Garantia da loja

Garantia do vendedor: 1 meses

Características principais

Título do livroDireito do Trabalho 38ª edição 2022
AutorSergio Pinto Martins
IdiomaPortuguês
Editora do livroSaraiva
Capa do livroMole
Ano de publicação2022

Outras características

  • Quantidade de páginas: 1344

  • Altura: 24 cm

  • Largura: 17 cm

  • Peso: 2206 g

  • Gênero do livro: direito

  • Tipo de narração: Manual

  • ISBN: 9786553622609

Descrição

Direito do Trabalho 38ª edição 2022

Direito do Trabalho é obra consolidada como referência no estudo do Direito material trabalhista, tendo proporcionado a milhares de estudantes formação sólida na matéria, a incontáveis concurseiros preparação adequada para prestar exames de ingresso em carreiras públicas e a uma infinidade de profissionais do Direito (advogados, magistrados, membros do Ministério Público Trabalhista etc.) doutrina confiável para sua prática forense. Em sua nova edição, a obra mantém a mesma proposta de expor de maneira didática, objetiva e clara todo o programa do Direito do Trabalho, com conteúdo atualizado de acordo com a mais recente legislação, as novas decisões e súmulas do TST e mudanças de entendimentos da doutrina especializada. O autor mantém a didática e a organização que consagraram o livro, ampliando o rigor nas atualizações legislativas), jurisprudenciais e doutrinárias. A 38ª edição está de acordo com a Lei que recriou o Ministério do Trabalho, o Decreto n. 10.854/2021, que revisou e consolidou regras trabalhistas, além da decisão do STF, na MC-ADI 6.363/DF, que entendeu ser possível a redução da jornada e do salário por acordo individual durante a pandemia sem a participação do sindicato e da decisão do STF, na ADIn 5.938, que julgou que grávidas e lactantes não podem trabalhar em local insalubre. Além disso, inclui ao final de cada capítulo questões para a fixação da matéria.